Chip de Potência para Chevrolet Cruze: “Quem é” e quais são seus resultados com a reprogramação eletrônica?

Chevrolet Cruze, nascido em 2008 na Coréia do Sul, veio para ser o sedã médio da global General Motors. Em pouco tempo passou a ser produzido em 10 países: Austrália, Índia, China, Brasil, Coreia do Sul, Cazaquistão, Rússia, Tailândia, EUA e Vietnã.

No Brasil ele chegou com o motor ECOTEC de 1.8L flex de aspiração natural, que rende 144cv de potência e 18,9kgf, gerenciado pela central eletrônica de injeção da Delphi modelo E83 com a sua programação original de fábrica.

Com a reprogramação eletrônica da Prado Powerchips conseguimos resultados de até 10% a mais, tanto em torque quanto em potência, além da possibilidade de eliminar o limitador de velocidade e também estender o corte de giro em até 400 RPM.

Banner Chip de Potência para Chevrolet Cruze

Continuando com a sua história, em 2014 surgiu sua segunda geração na China, sendo somente lá um pouco menor que a versão anterior.

Em 2016 foi implementada a versão internacional, onde seu projeto aumentou 10 centímetros, além de um espaço entre eixos também 04 centímetros maior em relação a versão chinesa, que partir de então também adotou estas modificações como um “facelift”, padronizando assim mundialmente a gama da Chevrolet deste modelo.

Ainda em 2016 chegou ao Brasil a segunda versão com o motor 1.4 ECOTEC TURBO SIDI com tecnologia flex. Até então fabricado no Brasil, passou a partir daí a ser fabricado em nossa vizinha Argentina. Disponibilizado nas versões Hatch e Sedan, o Cruze não deixa nem visualmente e nem na direção a esportividade de lado.

Seguindo a tendência mundial, seu motor downsizing (“pequeno” e potente) entrega 153cv e 24,5kgf de torque com sua programação original de fábrica, aqui além da mudança de motor também surgiu uma nova ECU da Delphi para gerenciar este novo motor: a E80A!

Reconhecemos que o motor gera força especialmente sensível, mas com certeza podemos melhorar! Com a reprogramação da Prado, atingimos 185cv e 32,5kgf de torque. Tudo isso com confiabilidade e segurança, gerando ainda mais esportividade.

Banner Motor Chip de Potência para Chevrolet Cruze

Além da potência que ele carrega escondido em baixo do capô, o Cruze é um veículo moderno, seguro e confortável. É claro que não estamos aqui para julgar a qualidade visual, de conforto e nem avaliar seus pontos negativos, só não podemos deixar de reconhecer que é um veículo e tanto, independente se é para a família ou para um solteirão que curte mais a linha esportiva.

Também é valido comentar sobre a Chevrolet, quanto ao compartilhamento de motores, você deve se perguntar… ué como assim? Vamos lá que te explico como isso funciona.

Graças ao avanço da tecnologia, os fabricantes de veículos do mundo todo conseguem através do sistema de injeção eletrônico, realizar o compartilhamento de motores, no caso do Cruze que está equipado com o motor 1.4 ECOTEC TURBO, compartilha do mesmo motor da Tracker, ou seja, a diferença é somente carroceria.

Bom, vamos a prática! Nós demos uma volta no autódromo de Cascavel com o Cruze! Vem com a gente no vídeo abaixo! 👇😉

Para este modelo de ECU, conseguimos gerar uma otimização no escalonamento das marchas, principalmente no caso do câmbio automático. Isso possibilitou ainda a melhora de consumo e melhor desempenho nas retomadas de marchas. Essa mudança, deixou o Cruze mais “esperto” e “sensível” nas faixas de 2 mil a 4 mil RPM.

Conheça como funciona o serviço de chip de potência: 👇🏁

Banner Duvidas Chip de Potencia para Chevrolet Cruze

Outra informação interessante é sobre o sistema de injeção utilizado neste veículo, a Delphi E80A é o mesmo que gerencia o motor da S10 2.516v com 206cv original e o da Equinox com o motor 2.0 16v turbo com 262cv. Note que interessante isso em uma produção em escala.

Banner Curso de Remapeamento Recife
Comentários
shares